segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

O Sentido das Férias

Visão, olfato, paladar, tato e audição. Como umas férias marcam a gente! Ainda mais quando mexe com as recordações e os sentimentos.Tudo acontece ao mesmo tempo, um mix de sensações. Ai, ai, ainda estou com a cabeça nas nuvens.


Tato: A coisa que eu mais sentia falta era do abraço e do calor da minha família mas principalmente do da minha m
ãe Léa. Transformar aquela voz do telefone em contato mesmo, é a coisa mais linda do mundo!



Visão: Entre tantas paisagens que admirei nestas minhas férias a de Martins de S
á tem uma carga física, foram duas horas de caminhada pesada com mochilas nas costas e um calor forte, e principalmente a carga afetiva, passei o Ano Novo com meu primo Léo que amo mais que tudo e faz uma falta do cassete aqui em Roma.




Paladar: Eu comi adoidado! Cada casa que visitava tinham tantos aperitivos e guloseimas, hummmm!
Mas comer as frutas fresquinhas... foi satisfação mais que garantida.





Audição: Show do Monobloco! Tinha esta sensação impregnada na alma! Sentir a bateria, a energia da galera sambando, pulando. A alegria no ar que só o povo brasileiro tem! Escutar toda a Fundição cantando as m
úsicas do Monobloco, arrepia todos os pelinhos do corpo! Que noite!




Olfato: Uma coisa aguça meu olfato mais que tudo: minha V
ó Ledinha, o cheirinho da minha vó é o mais gostoso do mundo! E só depois de sentir o cheirinho dela me senti realmente em casa!





2 comentários:

Luciana Franco disse...

esse post ficou fantástico! :-)

Flavia Leite disse...

Obrigada Lu! Bjsssssssss