sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Garçom aqui nesta mesa de bar...


A minha novidade é que voltei a trabalhar como garçonete, "cameriere" como me chamam aqui. Depois de um tempo relutando com esta idéia, voltei a ativa! Se é pra ter um dinheirinho a mais tô dentro! E a coisa mais engraçada, se é que se pode dizer que é engraçado, é que sou uma que tem experiência no ramo, o que é verdade pois foi o emprego que consegui assim que cheguei aqui e fiz por um bom tempo esta coisa!

O lugar é tranquilo, sem frescuras, sem muitos estresses e pertinho de casa. Sou a única estrangeira que trabalha lá! Tinha esquecido como ser brasileira causa um certo efeito no meio! No meu primeiro dia ja tinha gente falando de uma garçonete brasileira trabalhando no lugar e assim vinham aquele bando de homens italianos para conferir a tal brasileira, eu no caso! São os apaixonados pelo Brasil sem nunca ter estado uma única vez na nossa terrinha, ai vem os "causos", as perguntas idiotas e até engraçadas que normalmente fazem, tipo: todo dia tem carnaval? Vocês são sempre assim felizes? Quase não se trabalha né? E a melhor de todas, samba ai para gente ver como é!

Por enquanto vou levando são só alguns dias por semana e o dinheiro tá entrando e não é nada muito pesado, como meu primeiro emprego de garçonete. AH! E eu como que é uma maravilha, eles fazem uns doces caseiros muito bons, tento sempre ver o lado bom da coisa né? Fora que terei um monte de coisas para contar.

4 comentários:

Carolina Arêas disse...

Flavita,

A vida fica muito mais fácil se a gente aprende a se reinventar sempre.

Bom saber que você é flexível, guerreira, cabeça aberta e com todo este charme brasileiro que deve fazer os italianos sonharem ainda mais com o Brasil!

Beijos.

Luciana disse...

"Samba aí para ver" é ótima! hahahahahahaha

Não trabalhar mais ótima ainda! hahahahah

ai, ai, ai se aqui ninguém trabalhasse mesmo... Pois agora lá estou indo eu para a maratona de trabalho... rsrssrs

Beijnhos, amiga! Saudades de ti! :-)

Perfil: disse...

Prima,
Só falta eles perguntarem se andamos "pelados" pela rua.. hihihi
Mi beijos
Luluca

Flavia Leite disse...

As perguntas sao mesmo idiotas mas acreditem... eles perguntam de verdade!
Beijocas